Informações não pedidas e tão pouco necessárias

domingo, 30 de dezembro de 2012

It must be true

- You're not real, shut up! - I just heard from the voice inside my head.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Resultado da promoção

Uh! Nossa, quantos participantes! Foi tão difícil corrigir as respostas, com esse monte de participantes!  Imagine se as pessoas que falaram que iam participar tivessem participado! Eu não iria dar conta.* Mas como eu prometi, aqui vai o resultado. Vamos lá ver uma por uma.

1. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

2. Julio: quase certo (não ligo pra quem fala mal do Hitler)
Fer: certo
Renato: quase certo (não odeio mais a Rowling tanto assim)

3. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

4. Julio: errado
Fer: errado
Renato: errado
R: A Nona Sinfonia de Beethoven

5. Julio: errado
Fer: certo
Renato: errado

6. Julio: certo
Fer: certo
Renato: certo

7. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

8. Julio: quase certo
Fer: quase certo
Renato: errado
R: Tá no blog e nenhum dos dois deu a resposta que está lá

9. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

10. Julio: quase certo (Pelé? WTF?)
Fer: certo
Renato: errado

11. Julio: quase certo (não odeio o Maradona)
Fer: certo
Renato: errado

12. Julio: errado
Fer: errado
Renato: errado
R: Não vou dar ponto por criatividade e você, Fernando, devia saber, já que estava lá! A música tocou no Estádio da Luz, no jogo da Champions que a gente foi assistir e no dia que consegui meu primeiro autógrafo do Agger eu virei pra você e falei que enquanto o Agger vinha na nossa direção eu só conseguia pensar nessa música. Que feio, Fer.

13. Julio: errado
Fer: 1/3 certo.
Renato: errado
R: Fer acertou o Hart (Joe Hart cantando essa música e ele é goleiro do City, rival do United); a música é do Oasis, que tinha como integrante um torcedor do City que "hate Man Utd ten times" (como vc não lembrou dessa, Fer, vc citou em uma resposta anterior!) e é a música que o Charlie tá tocando no violão quando o Desmond vê ele no "passado", no Lost.

14. Julio: quase certo (meu problema não era exatamente com a Espanha)
Fer: certo
Renato: errado

15. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

16. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

17. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

18. Julio: errado
Fer: certo
Renato: errado

19. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

20. Julio: quase certo (nunca li Victor Hugo, só comecei Os Miseráveis e não terminei ainda e Deus? Hahahahaha, ai, Julio. Eu acredito Nele e tudo, mas como escritor, já vi melhores. E nem foi Ele quem escreveu no fim das contas... :)
Fer: certo
Renato: quase certo (não terminei nenhum do Mann ainda)

21. Julio: certo
Fer: quase certo (O Senhor dos Anéis - Precious - é, como artefato, meu livro preferido e a obra The Lord é um dos, mas é o Silmarillion sempre)
Renato: errado

22. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

23. Julio: certo
Fer: certo
Renato: certo

24. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado (hahahahahahahahahahaha so NOT)

25. Julio: errado
Fer: certo
Renato: errado

26. Julio: quase certo
Fer: certo
Renato: errado

27. Julio: errado (embora certo de um ponto de vista geral)
Fer: certo
Renato: errado

28. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado (hahahahahahahahahahaha nem comento)

29. Julio: certo (a resposta é 8, mas não com o piada interna, que é o 6º beijo, mas sim com o retorno do Diálogos Possíveis)
Fer: errado
Renato: errado

30. Julio: errado (a informação pode ser correta, mas não é a resposta certa)
Fer: certíssimo (hahahahahahahahahaha)
Renato: errado

31. Julio: quase certo (não odeio os blus, só os blues :)
Fer: certo
Renato: errado

32. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

33. Julio: errado (hahahahahaha)
Fer: certo
Renato: errado

34. Julio: errado (hahahahahahahaha)
Fer: certo
Renato: errado (mas boa resposta)

35. Julio: errado
Fer: certo
Renato: errado

36. Julio: quase certo (porque são coisas que eu queria, mas não estavam na lista e não somam 10)
Fer: quase certo (a última está incompleta)
Renato: errado

37. Julio: errado (meu ranking estava no blog, não era uma coisa geral)
Fer: certo
Renato: errado

38. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

39. Julio: errado
Fer: certíssimo
Renato: errado

40. Julio: errado (Batman is what I am)
Fer: certo
Renato: errado

41. Julio: errado (hahahahahahaha)
Fer: certo
Renato: errado

42. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

43. Julio: 1/3 certo (Paisley)
Fer: certo
Renato: errado

44. Julio: errado
Fer: quase certo (você esqueceu de colocar o macaquinho e escreveu o nome do Shruikan errado:)
Renato: errado

45. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado
Eu: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA :)

46. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

47. Julio: quase certo
Fer: certo
Renato: errado

48. Julio: errado
Fer: errado
Renato: errado
R: Titanic

49. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

50. Julio: certo
Fer: certo
Renato: errado

TOTAL: 
Julio: 27 1/3
Fer: 43 1/3
Renato: 3

Embora com muitas respostas erradas, tenho que parabenizar a criatividade de algumas delas. Como mais ninguém além dos três participou aqui e NINGUÉM participou no outro, os três vão ganhar, porque vocês são, provavelmente, os únicos leitores do blog e quem participa das promoções. Muito obrigada, de verdade.
Então, mesmo o Fernando sendo o vencedor, o Julio também vai ganhar um livro e o Renato um prêmio surpresa. Depois converso certinho com vocês sobre os prêmios.
Bem, gente, é isso. Muito obrigada pela participação e até a próxima, Julio, Fernando e Renato.

*Ninguém é obrigado a participar, óbvio, mas não fiquem prometendo coisas que vocês não pretendem cumprir, obrigada! Cf. resposta do Fernando para a questão 31.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Why, Ilúvatar, why???

"Then Ilúvatar spake, and he said 'Behold I love the world, and it is a mansion for Elves and Men. But the Elves shall be the fairest of earthly creatures, and they shall have and shall conceive more beauty than all my children, and they shall have greater bliss in this world. But to Men I will give a new gift.'
Therefore he willed that the hearts of Men should seek beyond the world and find no rest therein; but they should have a virtue to fashion their life, amid the powers and chances of the world, beyond the Music of the Ainur, which is as fate to all things else. And of their operation everything should be, in shape and deed, completed, and the world fulfilled unto the last and smallest. Lo! even we, Elves, have found to our sorrow that Men have a strange power for good or ill, and for turning things aside from the purpose of Valar or of Elves; so that it is said among us that Fate is not master of the children of Men yet are they blind, and their joy is small, which should be great." 

Morgoth's Ring, p. 21

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Morgoth's Ring*

"Mighty are the Ainur, and mightiest among them is Melkor; but that he may know, and all the Ainur, that I am Ilúvatar, those things that ye have sung and played, lo! I will show them forth, that ye may see what ye have done. And thou, Melkor, shalt see that no theme may be played that has not its uttermost source in me, nor can any alter the music in my despite, for he that attempteth this shall be but mine instrument in the devising of things more wonderful, which himself hath not imagined." p. 10

"So began their great labours in wastes unmeasured and unexplored, and in ages uncounted and forgotten, until in the Deeps of Time and in the midst of the vast halls of the World there came to be that hour and that place where was made the habitation of the Children of Ilúvatar." p. 14

"Thus began the first battle of the Valar and Melkor for the dominion of Arda; and of those tumults we know but little; for know thou, AElfwine, what I have declared unto thee is come from the Valar themselves, with whom we of the Eldalië spoke in the land of Valinor, and we were instructed by them; but little would they ever tell of the days of war ere the coming of the Elves. But this we know: that the Valar endeavoured ever, in despite of Melkor, to rule the Earth and to prepare each for the coming of the Children; and they built lands, and Melkor destroyed them; valleys they delved and Melkor raised them up; mountains they carved and Melkor threw them down; seas they hollowed and Melkor spilled them; and naught might come to peace or lasting growth, for as surely as the Valar began a labour so would Melkor undo it or corrupt it. And yet their labour was not vain, and slowly the Earth was shaped and made firm.
But of all such matters, AElfwine, others shall tell thee, or thou shalt read in other lore; for it is not my part at this time to instruct thee in the history of the Earth. And now behold! here is the habitation of the Children of Ilúvatar established at the last in the deeps of Time and amidst the innumerable stars. And here are the Valar, the Powers of the World, contesting for the possession of the jewel of Ilúvatar, and thus thy feet are on the beginning f the road." p. 16

*"The whole of Middle-earth was Morgoth's Ring" p. xi

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Meu Targaryen preferido*

"Baelor, da Casa Targaryen, Príncipe de Pedra do Dragão, Mão do Rei, Protetor do Território e herdeiro do Trono de Ferro dos Sete Reinos de Westeros, foi entregue ao fogo no pátio do Castelo de Vaufreixo na margem norte do rio Almeijoeiro. Outras grandes casas podiam preferir enterrar os seus mortos na terra escura ou afundá-los no frio mar verde, mas os Targaryen eram do sangue do dragão, e os seus finais eram escritos em chamas."

O Cavaleiro de Westeros, p. 107

*Junto com o jovem Aegon

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Uh.... Super promoção de aniversário!

O Salão (esse blog lindo) completará 3 aninhos no dia 09 de dezembro e o Era uma vez uma bola... fará 2 aninhos dia 28 de novembro. Então para comemorar duplamente as bodas dos meus filhotes vou fazer uma super promoção valendo, para os participantes daqui, o livro Roverandom, do Tolkien (sim, eu estou dando um livro do Tolkienzinho!) e para os participantes do Era uma vez... o filme The Damned United (Maldito Futebol Clube), baseado no livro de mesmo nome, que conta a história de Brian Clough (aquele lindo!).
Ah, Mirane, mas o que eu preciso fazer para ganhar? Hum... não será assim tão fácil, afinal o objetivo dessas promoções de aniversários é premiar quem lê os blogs e quase ninguém anda fazendo isso e para ganhar essa promoção você vai ter que ter lido - ou tirar um tempo para ler - todos os posts!
O vencedor será aquele que responder o maior número das perguntas abaixo corretamente.
As perguntas serão baseadas em posts de ambos os blogs, ou seja, vai ter que ler os dois se quiser ter chance. Quem me conhece obviamente vai ter uma pequena vantagem, já que provavelmente já me ouviu falar sobre as coisas que vão ser perguntadas, mas garanto, se você acompanha os blogs vai conseguir ter uma ideia geral para poder responder. Se você me acompanha pelo Twitter e/ou chegou a me acompanhar pelo Tumblr suas chances são ainda maiores do que de quem me conhece. Mas, de verdade, todos tem chance. Se mais de uma pessoa acertar tudo vai haver uma pergunta de desempate. O mesmo vale para o caso de mais de uma pessoa acertar o mesmo tanto de perguntas mesmo que não seja o total.
Não preciso dizer que, sendo blogs pessoais, as perguntas serão, em sua maioria, pessoais.
Boa sorte a todos, prestem atenção nas perguntas e cuidado com as pegadinhas. :)

Perguntas

1. O que eu mais amo no mundo? Cite pelo menos 3 coisas.
2. O que eu mais odeio no mundo? Cite pelo menos 3 coisas.
3. Qual a minha banda preferida?
4. Que música eu ouviria eternamente sem reclamar?
5. Quem é meu diretor de cinema preferido?
6. Quantas Champions League o Liverpool já ganhou?
7. A quantas finais de Champions League o Liverpool chegou?
8. Qual é o aproveitamento do Liverpool em Champions League?
9. Fale sobre os patos e as batatas.
10. Cite pelo menos 5 jogadores de futebol que eu mais amo no mundo.
11. Cite pelo menos 5 jogadores de futebol que eu odeio.
12. A música Here Comes Your Man, do Pixies, é uma de minhas músicas preferidas. Qual a sua relação com a Champions League e com o Agger?
13. A música Wonderwall, do Oasis, também é bastante significativa futebolisticamente falando, mas não só. Cite pelo menos 3 motivos pelos quais essa música é importante para mim.
14. Qual foi meu problema com os cabeças de chave da Copa do Mundo 2010?
15. Oxford é uma cidade mágica para mim. Cite pelo menos 3 motivos que justifiquem essa afirmação.
16. Quais são os meus 3 atores preferidos?
17. Para quem eu torci na final do Mundial Interclubes de 1999 entre Palmeiras e Manchester United?
18. Quantas vezes eu fui para Liverpool? E para Oxford?
19. Cite pelo menos 5 nomes da minha lista de homens lindos.
20. Quais são os meus escritores preferidos? Cite pelo menos 5. 
21. Qual é o meu livro preferido?
22. E o sistema solar?
23. Qual foi o dia mais feliz da minha vida?
24. Que famosa frase eu gritei para Wayne Rooney durante o jogo Benfica x Manchester United?
25. Quantos e quais jogos eu assisti no Anfield?
26. Quais outros estádios europeus eu visitei?
27. O que você teria para me falar sobre a letra O?
28. Quem é o Precious e que dia é o seu aniversário?
29. Quantos beijos Lewis já mandou para a galera?
30. If Higuain was born in France why does he play for Argentina?
31. Na minha humilde opinião quais são os 3 piores tipos de pessoa?
32. Qual é o dia em que todos os mundos ficaram mais brilhantes?
33. O que dignifica o boi?
34. Qual é o problema da montanha?
35. How is my cup of care?
36. Cite pelo menos 10 coisas que eu queria.
37. Cite as 5 primeiras colocações do meu ranking.
38. Cite pelo menos 5 fatores relevantes que lhe fariam me contratar como torcedora de futebol.
39. Como eu sei que existe um céu?
40. What do I do?
41. Qual é a palavra que eu escolhi como a grande resumidora do mundo?
42. Por que eu escolhi o Messi?
43. Quais são os 3 melhores técnicos de futebol na minha opinião?
44. Quem são os amigãos?
45. Que competição o meu time brasileiro, o Corinthians, ganhou em julho de 2012?
46. Cite pelo menos 5 filmes que eu amo.
47. Por que o ano de 1892 é tão perfeito?
48. Qual o filme que eu assisti mais vezes?
49. Por que eu não gosto do facebook?
50. Qual é o meu time de baseball?

O resultado sai dia 10 de dezembro. Boa sorte! :)
Responda as perguntas no blog que você quer disputar. Por exemplo, se você quer concorrer ao livro, responda aqui. Se quer concorrer ao filme, responda no Era uma vez uma bola... Qualquer dúvida é só perguntar.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Eu disse que aquela cidade era mágica!

Gente, que magia! *-*
Estou eu relendo Fronteiras do Universo e, como já comentei no twitter, é muito legal ler já tendo indo em Oxford. Mas hoje aconteceu algo muito muito muito mágico.
A primeira vez que fui em Oxford fiquei, com vocês sabem, num castelo lindo, mas bem fora da cidade, então fui para o Wolvercote Cemetery (onde o Tolkien está enterrado) de táxi. Depois fui para o centro de ônibus e vi que era só descer uma avenida direto - a Banbury Road (que depois lá no centro vira a St. Giles, a rua doida da Eagle and Child).
Na segunda vez que fui eu já conhecia quase tudo por lá e quis ir a pé do centro até Wolvercote porque eu sabia que era só subir pela Banbury eternamente e eu queria passar pelas casas que o Tolkien morou na Northmoor Rd, uma rua paralela à Banbury. Então eu e o Fer fomos andando - e é longe pra caralho - e na hora que foi chegando muito lá para cima eu achava que tinha me confundido porque não via o cemitério. Aí chegamos numa rotatória da Banbury com a Sunderland e eu achei que tinha que virar ali, não sei o motivo, aí andamos uns 200 metros e eu desisti, falei 'Não, Fer, eu tenho certeza de que era na Banbury, vamos voltar'. Aí voltamos, andamos mais um pouquinho e chegamos.
Okay, mas você deve estar pensando por que cargas d'água estou eu falando disso. Bem, o caso é que esse é EXATAMENTE o caminho que o Will faz na Faca Sutil. E o lugar onde desistimos da Sunderland e voltamos pra Banbury é EXATAMENTE onde fica a janela para o outro mundo. MUITA MAGIA! *-*
Vejam, vou postar as partes do livro que falam isso e uma foto do mapa. Primeiro as ruas não são identificadas:

"[...] e agora estava caminhando por uma rua infindável, atravessando os subúrbios na direção norte. [...] Chegou a um trevo largo, um grande entroncamento no qual a rua que ele percorria rumo ao norte cruzava com a via de acesso a Oxford, esta na direção leste-oeste. [...] Will estava entorpecido de cansaço e poderia ter seguido para o norte ou se deitado no gramado para dormir sob uma daquelas árvores; mas enquanto estava parado, tentando clarear a mente, ele viu um gato." A faca sutil, p. 18

Depois, quando o Will tá subindo com a Lyra, a rua Banbury é citada:

"Enquanto seguiam pela rua Banbury, ela contou sobre a noite que se escondeu no armário [...] Mas finalmente chegaram ao trevo e aos carpinos." p. 102

E depois a Sunderland:

"Era a gata que Will tinha visto na avenida Sunderland, aquela que se parecia com Moxie, aquela que o levara à janela." p. 103

Quando li a primeira parte lá já suspeitei. Quando citaram a Banbury eu corri para o mapa pra ver se a Sunderland era a que a gente tinha entrado... e era! Olhem só:


Se vocês entrarem no mapa podem ver que se seguir um pouquinho mais para cima chega no Wolvercote Cemetery.
Gente! Eu estava do lado da janela para Cittàgazze e não vi. Ai que burra.
Sério, já tava sendo uma experiência única ouvir falar de quase todos os lugares que fui em Oxford, mas esse foi demais.
Só isso, quis compartilhar. :)

sábado, 29 de setembro de 2012

Relevante para o momento, sendo o momento: Sábado, 29 de setembro de 2012, 09:10. Arsenal 0 x 1 Chelsea

"- E então, o senhor vai assistir ao jogo hoje à tarde?
Ford virou-se para ele.
- Não, não tem sentido - disse, e virou-se para a janela novamente.
- Quer dizer que o senhor acha que nem adianta? - insistiu o barman. - O Arsenal não tem a menor chance?
- Não, não - disse Ford. - É só que o mundo vai acabar.
- Ah, é mesmo, o senhor já disse - respondeu o barman, olhando agora para Arthur por cima dos óculos. - Seria uma boa saída para o Arsenal, escapar da derrota por causa do fim do mundo."

O Guia do Mochileiro das Galáxias, p. 32

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

CVF*

Rua Blá blá blá, nº 000
00000-000. Blá blá. SP
(00) 0000-0000. (00) 0000-0000
miraneblack@yahoo.com.br
28 anos. Brasileira. Solteira
                                                                                                                       

Cargo pretendido: Torcedora de futebol

Síntese de qualificações

Capacidade de assistir mais de 7 jogos de futebol por dia.
Xingo todos os árbitros o tempo todo não importando o que o filho da puta tá fazendo.
Odeio quando o meu time é favorecido do mesmo modo que odeio quando é prejudicado.
Não gosto do Neymar.
Acho que a atual Seleção Brasileira é uma bosta, embora ame o que a camisa amarela represente.
Não paro de falar um segundo durante um jogo de futebol.
Não muito disposta a assistir jogos com outras pessoas, principalmente pessoas idiotas.
Adoro ir a estádios, mas não moro na cidade dos times que torço, infelizmente.
Torço para o Corinthians, no Brasil, e para o Liverpool, na Inglaterra, com a vida.
Já assisti três jogos do Corinthians no estádio, sendo um deles um clássico contra o São Paulo.
Já assisti três jogos do Liverpool no Anfield, sendo um deles um clássico contra o Arsenal.
Sou sócia de ambos os clubes.
Tenho autógrafo de metade do time do Liverpool.
Chorei por 2 dias para minha tia me deixar ir para São Paulo assistir a final do brasileiro contra o Atlético Mineiro, em 1999. Ela não deixou.
Chorei desesperadamente por dois dias, inclusive no trabalho, quando o Corinthians foi eliminado pelo Palmeiras de duas Libertadores.
Tentei desesperadamente comprar ingresso para a final da Libertadores que o Corinthians venceu.
Tenho mais de 15 camisas de ambos os times.
Tenho vários acessórios como chaveiros, meias, short, baralho, jogos, quebra-cabeças, caneca, bolsa, flâmulas, bucha, escova de dente, etc dos times.
Mesmo odiando o Palmeiras com a vida torci para eles no Mundial de 1999 porque odeio o Machester United.
Odeio o Manchester United mais do que tudo várias vezes.
Já assisti um jogo de Champions League no estádio (Benfica x Manchester United).
Já assisti um jogo de Europa League no estádio (Porto x Manchester City).
Tentando desesperadamente ir para o Japão ver o Mundial de Clubes.
Tentando desesperadamente voltar pra Liverpool.
Querendo desesperadamente fazer um tour pelos estádios do mundo.
Lembrei Wayne Rooney durante a partida contra o Benfica de que o Liverpool ganhou a Champions League cinco vezes.
Fiz com que Wayne Rooney olhasse com olhar de ódio para mim.
Na Copa de 1994 era atração da cidade por saber a escalação da Seleção Brasileira com apenas nove anos de idade e sendo mulher.
Na Copa de 1998 sabia os times completos das 32 seleções.
Na Copa das Confederações de 1997 quis raspar a cabeça como os jogadores, mas só consegui diminuir o cabelo em uns 40 centímetros deixando-o no ombro.
Tenho 12 temporadas da Premier League no computador.
Tenho as 7 finais de Champions League do Liverpool no computador.
Tenho uma média de 50 jogos de futebol no computador excluindo os citados anteriormente.

Formação acadêmica

Mestre em Teoria da Literatura e doutoranda na mesma área.

Idiomas

Inglês - Intermediário
Português - Intermediário
Espanhol - Intermediário
Futebolístico - Fluente
Xingamentos - Super fluente

Vivência internacional

Portugal - Viagem cultural e futebolística
Inglaterra - Viagem cultural e futebolística

Experiência profissional

Jogou futebol no time feminino de São João de Iracema e foi treinada por um jogador que foi companheiro do Roberto Carlos quando jogava no União São João de Araras.
Se recusou a jogar numa escolinha do São Paulo em Birigui.

Formação Complementar

Cursos de teledramaturgia, atuação e outras coisas na área.
Diretora de peças de teatro.
Graduação em Letras pela UNESP.
Mestrado em Teoria da Literatura.
Curso de extensão em Latim.

* Esse currículo não é completo e muitas loucuras futebolísticas foram omitidas.
P.S. Neste momento estou usando um uniforme completo do Liverpool.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

The bloody lot of you 2

"I walk down the corridor. The photographs on the wall. The trophies in the cabinets. Down the corridor and round the corner. Round the corner to the foot of the stairs. Then up the stairs until there on the stairs is Syd; Syd who says something that sounds like, 'Yesterday, upon the stair, I met a man who wasn't there. He wasn't there again today. I wish that man would go away.'
'Pardon?' I ask him.
Syd stops at the bottom of the stairs. Syd turns back to look up at me and Syd says, 'Round here they say if you pass someone on the stairs, it'll lead to a quarrel or a parting, and that you'll not meet that person again in heaven.'
'Don't worry,' I tell him. 'Didn't think I'd be seeing you up there anyway, Syd.'
'And I didn't think you believed in God or a heaven.'
'Having been here thirty-four days,' I tell him, 'I've changed my mind, Sydney.'
'Why's that then?' he smiles.
'Well, if there's a hell like this place, then there has to be a heaven somewhere.' p. 277

The Damned Utd

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

E agora em um post exclusivo!

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2010/04/dialogos-possiveis.html

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2010/05/dialogos-possiveis-2.html

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2010/08/dialogos-possiveis-3-batalha-final.html

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2012/09/dialogos-possiveis-o-retorno-em.html
Não percam! :)

'Diálogos possíveis: o retorno' Em parceria com 'Lewis manda um beijo pra galera: the fall'

Muito tempo depois dos fatos acontecidos em nosso último episódio, Mirane vaga sozinha pelo mundo. Não conseguiu manter sua relação com o palhaço Buttons e agora perdeu todos os seus super-heróis.
Cansada, triste e sem saber o que fazer ela caminha pelas ruas desertas de uma cidade qualquer quando se encontra com o Lanterna Verde. Ela o odeia. Não o suporta, mas naquele momento ele lhe faz bem. Na verdade, naquele momento, ele lhe faz muito bem. Lhe faz rir até não poder mais e embora ela saiba que essa relação não tem futuro nenhum - afinal ela ouviu a profecia da queda do Lanterna Verde, de seu retorno ao suBmundo - ela se diverte imensamente com ele por um tempo.
Em um desses dias, em um desses momentos de diversão, ela sente. Ela sente que algo diferente se aproxima, algo invisível que nem mesmo o poder do anel do Lanterna Verde consegue tornar visível. É o medo, a queda... Subitamente uma sombra cai sobre seu novo passatempo, arranca-lhe o anel e diz:
- The ring is mine!
Aturdida diante de tamanho horror Mirane só consegue ficar parada e nesse estado de total choque ainda consegue ouvir a sombra que sussurra 'My precious'...
Por mais que Mirane soubesse que o fim se aproximava e que a queda do Lanterna Verde fosse inevitável, ela se desespera e grita por socorro. Ela sabe que eles virão. Em alguns segundos lá estão eles: Batman, Homem de Ferro, Coringa e até mesmo Buttons.
Eles se aproximam e observam. A tristeza, embora mínima, é perceptível em seus olhos.
- Por favor, ajudem-no! - Implora Mirane.
- Desculpe, não há nada que possamos fazer - responde Batman.
- Mas você é o Batman! Como não pode ajudar?
- Sinto muito... nesse caso não há nada que eu possa fazer. O estrago é grande demais.
- Homem de Ferro?
- Embora odeie concordar com ele, ele tem razão. Não há nada que possamos fazer.
Ela olha desconsolada para Coringa e Buttons, mas eles apenas negam com a cabeça.
É o fim. O Lanterna Verde caiu.
Depois de alguns minutos de silêncio, Batman diz:
- Então parece que você está sozinha...
- Nem começa, homem morcego, se ela for ficar com alguém vai ser comigo! - diz Homem de Ferro.
- Hahahahahaha você são muito bobinhos, ela vai ficar é comigo...
E os três começam uma terrível discussão enquanto Mirane só assiste.
De repente todos ouvem uma voz que grita uma palavra irreconhecível e logo em seguida um homem alto, vestido de vermelho, aparece e diz:
- Fuck off you headless chicken. This is my woman. Just play the fucking football.
Em um canto, completamente esquecido, Buttons responde:
- Acho que você tá meio atrasado. Devia ter dito isso era pro herói verde ali que acabou de cair.
Todos riem, menos o Coringa, que diz:
- And I thought my jokes were bad.

THE END

Cena pós-créditos: Lanterna Verde levanta a cabeça e com seu último suspiro diz:
- This sport is stupid anyway.

The bloody lot of you

"She had never felt sorry for herself; she had only felt tired and cross, because she disliked people and things so much." p. 109

The Secret Garden

"Mrs. Allen was one of that numerous class of females, whose society can raise no other emotion than surprise at there being any men in the world who could like them well enough to marry them." p. 9

Northanger Abbey

"'These gentlemen are from Derby County,' Dave Russell tells young sleepy-head. 'I have agreed a fee with them, Roy. So, if you want to go - and you don't have to - but, if you want to go, you can become a Derby County player.'
But he doesn't want to play for Derby. He wants to play for Liverpool -
For Bill Shankly.
Roy has spent his childhood on the Kop; his adolescence waiting for the call -
But Bill's not called. Peter Taylor and Brian Howard Clough have." p. 42

"To absent friends - fuck them all." p. 231

The Damned Utd.

sábado, 1 de setembro de 2012

Lewis manda um beijo pra galera 7

- I'm sad
- Why?
- Because I was born
- This is not a reason do be sad
- I didn't ask your opinion

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

domingo, 19 de agosto de 2012

O que você me diria se eu fosse morrer semana que vem?

Eu não sei quem lê esse blog, se é que alguém lê, mas você, alma caridosa que lê, diga-me: se você soubesse que eu vou morrer semana que vem, o que você me diria?
Valendo um presente! (Só assim pra vocês participarem, né...)

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Look! ME AND BLAUBLAU!!!! *-*

Então gente, hoje meu pai me enviou pelo correio duas fotos de quando eu era criancinha. É, fisicamente, ainda sou criancinha de resto. São as duas fotos que eu mais amo e as únicas que me acho linda!!! *-*
E... TEM O BLAUBLAU!!!!!! *-* GENTE! GENTE! VOCÊS TÃO VENDO??? É O BLAUBLAU!!! (o marrom, viu) *-* Tão lindo!!!


Eu fui obrigada a tirar foto com o ursinho branco, que não lembro, mas o Blaublau, como todos sabem is still here!!!! Meu melhor amigo e o que sempre esteve comigo, como vocês podem ver *-*


Olha como eu era linda! *-*

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Benjamin Linus*

AHA! Todo mundo achando que eu ia falar do Batman, né... mas não. Cada um tem sua opinião. E a minha todos sabem.
Estou aqui para falar do meu tópico preferido e os mais odiosos seres de todo o universo: as pessoas.
Mas aí eu me pergunto: por quê? Por que eu perderia meu tempo com isso?
As pessoas são falsas, sem opiniões próprias, que falam qualquer coisa para te agradar quando lhes é favorável e se esquecem de você assim que não lhes é mais útil. Já tive problemas com isso, mas ultimamente só consigo pensar na sorte que tive em me livrar de certos parasitas. Ugh! Me dá até arrepios de lembrar. E sabe o que é mais engraçado? Ver algumas dessas pessoas agora reproduzindo falas minhas como se fossem suas e que antes achavam equivocadas. Talvez me sentisse minimamente honrada se tais pessoas não fossem tão desprezíveis. Anyway, obrigada pela sua consideração.
Não vou negar que sinto falta de algumas pessoas... não, na verdade só de uma. Me abandonou por motivos mais nobres, embora tenha sido a que me fez sofrer mais.
Mas eu perdoo fácil, na verdade. Sempre perdoo. Basta uma ou duas palavrinhas simpáticas e, dependendo da situação, um pedido de desculpas e eu perdoo. Mas nunca esqueço.
The North Remembers? Ho ho ho ho ho ho... Não mais que eu, pode acreditar.
Mas tudo isso que to falando são só baboseiras e palavras blá blá blá. Estou sem dormir e ignorando muitas coisas por muito tempo e de vez em quando tenho que soltar as minhas borrachas.
Não ligo que me odeiem, me desprezem, me achem idiota e etc. Retribuo a vocês todos esses sentimentos em graus muito mais elevados e ao mesmo tempo concordo plenamente com os vossos em relação a mim. Já me importei um dia, mas hoje tudo o que consigo pensar é: tem razão. Qualquer coisa que vocês pensarem de ruim em relação a mim eu respondo: tem razão. Faço isso para desarmar quem me odeia? Não. Concordo mesmo. Eu sou a pior a pessoa que eu conheço e julgo severamente quem pensa o contrário. Mas acredite quando digo que julgo ainda mais quem um dia fingiu pensar o contrário - ou quem ainda finge até hoje - pelo amor de Deus, tenham colhões! 
Cansei de gente sorridente e falsa perto de mim e por isso me afastei de tudo e todos. Sou mais feliz? Não. Mas me livrar da corja de aduladores (e sabe-se lá por que motivo me adulavam) e falsos é um alívio. Tente você também, se puder. 
Meus únicos e verdadeiros amigos, coincidentemente, vivem em outras cidades e só um ou dois vivem por perto. O que é ótimo.
Mirane não tem amigos? Talvez não. Mas também não tem um bando de retardados em volta fingindo gostarem dela, nem uma rede social com 99454 "amigos" que só servem para dar "parabéns" no dia de aniversário que você escolheu colocar lá.
O meu aniversário desse ano foi um dos melhores, entre vários motivos, porque somente meus amigos me desejaram Feliz Aniversário e eu sabia que eles realmente me desejavam aquilo.
Estou me repetindo, né? Quando a mensagem é tão clara e simples:
Não os culpo por partir (oh não, não mesmo), culpo-os por terem fingido. Gente falsa é uma raça terrível e dominante.
Não os aconselharei a ter "cuidado" porque lá no fundo, de verdade, por mais que não me importe mais com vocês, eu lhes desejo toda a falsidade do mundo. Não de minha parte. Vocês não merecem nem isso mais de mim. Mas o mundo é grande e cheio de falsidades e cada um tem a cota que merece.
Que suas vidas sejam cheias de tudo aquilo que compartilharam comigo.

*Não entendeu o título? Poor you... :)

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Questão de perspectiva

Esse vermelho não é cor de sangue. O sangue se quis da cor do meu vermelho.

domingo, 15 de julho de 2012

Lewis manda um beijo pra galera 6 ou piada interna particular que não te interessa

A: Eu atravessei a Ponte dos Lamentos. Oh! Eu atravessei! Foi a coisa mais difícil que eu já fiz, você não tem ideia. A ponte é tão estreita que não cabe um pé do lado do outro e uma vez que você começa, não pode parar. Ela é longa, bem longa, quilômetros e quilômetros, mas nem dá pra contar quantos e ninguém sabe ao certo. Em alguns momentos ela se torna invisível e a menos que você continue sem vacilar, você cai. E muio mais coisas... monstros que aparecem, chamas e chicotes e coisas terríveis! Mas quando você chega do outro lado tudo isso vale a pena, porque nada se compara com o sentimento de felicidade que você sente.
B: Nossa, parece incrível. Acho que vou tentar.
A: Mas você não vai conseguir. A Ponte é só para os fortes e ousados.
B: Mas quem disse que não sou? E outra, se eu não conseguir na primeira vez, eu continuo tentando.
A: Mas isso seria embaraçoso. Ficar tentando e não conseguir.
B: Por que seria embaraçoso? Não há vergonha nenhuma em tentar e tentar até conseguir, se é algo que valha a pena ou que você acredite que valha a pena. E pelo que você disse dessa ponte ela é dificílima e não conseguir não é vergonha nenhuma. Você conseguiu atravessar todas as vezes que tentou?
A: Não. Mas eu atravessei três vezes.
B: Ótimo. E eu vou tentar até conseguir a primeira, até mais.

B consegue atravessar a ponte depois de algumas tentativas.

B: Consegui!
A: Meh... this sport is stupid anyway.

sábado, 9 de junho de 2012

oi

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

I will die and there's nothing you can do about it. Be happy, happy people!

Do not try to save me when I'm beyond salvation
You had your chance
Now it's too late
Fuck off.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

sábado, 28 de janeiro de 2012

Ainda que eu pudesse eu não quereria

Eu passei as últimas semanas pensando em um monte de coisas e sempre pensava 'devia escrever sobre isso', mas aí dava preguiça e eu desistia ou nem começava a pensar em escrever e já esquecia. Mas hoje, sem nada pra fazer (mentira), sem conseguir dormir (são quase 6h da manhã) por causa do maldito jogo que tem daqui a seis horas. OMG faltam só seis horas!!!! AAAAHHH!!! Okay, parei, esse não é o 'Era uma vez uma bola...'
Enfim, o que tenho pra falar? Esqueci. To fucinhando a tag do Liverpool no tumblr enquanto escrevo porque eu amo aquele time mais do que posso explicar.
Por que eu sou assim? Porque eu tenho que ser tão exagerada com tudo? Amo demais, odeio demais. Isso faz mal! Mas tá bom.
Vamos tentar manter alguma coerência aqui. Tá muito frio. Eu não aguento mais! Eu adorava frio antes de vir pra cá, mas frio pra mim significava 'duas semanas com roupas que cobrem meus braços e minhas pernas e dormir de edredom sem ventilador', não '3 meses com 7kg de roupa e ainda assim se sentir dentro de uma piscina de gelo'. Enfim. Isso só colabora com a minha vida de à toa... o que me leva a pensamentos irrelevantes, tipo:
Percebi que um grande número de pessoas costumam me considerar de uma utilidade inconcebível do meu ponto de vista, o que seria algo positivo para minha inexistente auto-estima se eu não fosse imediatamente descartada 'após o uso'.
Nada de teor sexual na afirmação acima, por favor.
Mas sabe, não tem problema. Enquanto eu estiver viva podem continuar fazendo isso. Se eu puder e quiser fazer o que vocês querem que eu faça, eu vou fazer, mesmo que você não fale comigo há 3 anos e de repente sentiu muita falta de nossa amizade e precise que eu corrija seu trabalho de economia pra sumir imediatamente depois, inclusive me deixando esperando depois de combinarmos nos encontrar. Você pode achar que eu sou uma boba, idiota e que pode me usar sempre que quiser, mas na verdade eu sou só uma pessoa boa que não liga de conhecer e ajudar um monte de aproveitadores filhos da puta.
Outra coisa que ando pensando sem necessidade é nessa onda de desafios de livros e filmes. Qual é o ponto? Sério!?
Tem um que é pra assistir um filme por dia, durante um ano. Por que? Por que você assiste filmes? Óbvio que cada um pode fazer o que quiser e assistir pelo motivo que quiser, só estou fazendo considerações com meus botões - e meu blog. Pergunto isso porque eu assisto filmes porque eu quero, porque eu tenho vontade de assistir e quando eu quero e quando eu tenho vontade. Pra que eu iria transformar uma atividade prazerosa em uma obrigação? Eu iria acabar odiando todos os filmes. Eu conheço gente que assiste filmes porque eles foram indicados ao Oscar. Sério, qual é o seu problema? Okay, pode não ser um problema, só sua escolha, e você tem todo o direito de assistir o filme que for pelo motivo que for, mas me desculpe se eu não acreditar que você ama filmes porque essa coisa de se obrigar a fazer algo, pra mim, é coisa de quem não gosta, mas sente que precisa.
Mesma coisa pra livros. Você pode ler o que quiser, quando quiser. Por que se prender a uma lista de livros que você nem sequer gosta? Tem um desses desafios que é ler 100 livros no ano - e colocam isso como se fosse o máximo. Você vai ler pra atingir um número e quer que eu acredite que você ama ler? Quem ama ler lê e pronto não precisa provar nada pra ninguém. Eu sei, eu sei... você vai dizer que minha opinião é irrelevante pra você. Okay. E sua mania de fingir que gosta de alguma coisa mais do que você realmente gosta é absolutamente idiota pra mim - ainda mais quando essas coisas são coisas que eu amo.
É por isso que eu leio um livro ou assisto um filme mais de 900 vezes, porque me dá vontade. Eu não ligo se eu já li/vi porque pra mim eles não são números a serem acrescentados, mas sim coisas preciosas que me transformaram no que eu sou hoje, pro bem ou pro mal.
Pensando nisso ainda eu cheguei a uma conclusão: é por isso que surgem tantos idiotas pseudo-cults com gostos pré determinados. É dessa mania de 'TENHO que ler tantos livros pra parecer legal' ou 'TENHO que ler ESSES livros pra parecer inteligente' ou pior ainda 'TENHO que gostar e/ou odiar AQUELES livros para que pensem que eu sou o máximo'. Na boa, vai se fuder! Sabe o que é mais legal e inteligente? Ter sua própria opinião. Não interessando se ela é igual ou diferente dos outros, desde que seja sua. Eu sei que minha opinião não vale muito pra ninguém, mas pra mim legal é quem lê o que quer, a hora que quer. Inteligente é quem assume que gosta ou odeia alguma coisa independente da opinião de quem tal pessoa considera importante. 
Mudando de assunto, eu não consigo parar de pensar em onde vão parar as letras que apagamos quando escrevemos. Eu já falei isso. Não sei se foi aqui, mas eu estou sempre me repetindo mesmo. Whatever. Será que a gente está matando elas? Ou será que o que a gente faz é enviá-las para o Mundo das Palavras Apagadas? Deve ser super legal lá. As palavras, letras e até frases inteiras apagadas por nós se encontram e formam um novo texto. 
Acho que já é o suficiente para um único post.
E nunca se esqueçam: o mundo não é justo, as pessoas são idiotas e nada disso vai mudar por mais que você finja que acredite.
Have a nice life.

domingo, 8 de janeiro de 2012

Os últimos dias são os melhores

Hey! Nem ia escrever mais, mas não tenho nada pra fazer - que os deuses do doutorado não me ouçam!
Mas esse é o meu blog e eu não preciso me explicar quando escrevo ou deixo de escrever. Mania de pensar que eu devo satisfação para alguém além da CAPES.
Anyway... aqui é muito frio. GOD! Eu adoro frio, sério, mas o máximo de frio que eu já presenciei foi uns 7 ou 8 graus por uma semana, não 6 graus TODO SANTO DIA por mais de meses... mas tá bom. É um incentivo à preguiça, a ficar na cama lendo e assistindo jogos (não sei como vou sobreviver sem esse canal da Liga Inglesa e da ESPN Classic).
Nada muda.
Nada muda.
Por que as pessoas acreditam que podem mudar alguma coisa? Até eu às vezes acabo acreditando que uma coisa ou outra pode mudar, mas não muda e nem venha com aquele papo idiota de depender da gente e o que a gente faz e blá blá blá. Bullshit.
Sabe o que muda? O melhor time dos últimos tempos da última semana. Sério, sem zuera. Paro pra pensar no Barcelona, por exemplo. Na década de 60-70 os torcedores só podiam sonhar em ser o que eles se tornaram. Lembro de ler no A sombra do vento o cara falar que o Barcelona podia ser campeão logo pra ele poder morrer. Imaginem isso. Na época era só uma esperança e no entanto vejam só o que ele é hoje. Tá certo que em número de títulos ainda falta uma vida pra alcançar o Real Madrid, mas ainda assim. O mesmo vale pro meu Liverpool. Quem diria que o perfeito Liverpool da década de 70-80 iria ficar mais de 20 anos sem um título da EPL. Mas essas coisas acontecem e esse é um dos motivos de eu amar tanto o futebol, pois embora eu tenha que aguentar esses times insuportáveis como 'melhores' hoje, isso vai mudar em uns 5, 10, 20 anos e se eu tiver o desprazer de ainda estar viva, vou ver. Mas quanto às seleções é um pouco diferente... Brasil, Itália e Alemanha sempre vão ser fodas. SEMPRE. No matter what. Do mesmo jeito que a Espanha sempre vai ser time de pipoca, ainda que ganhe mais Copas e etc.
Vou no Anfield essa semana. *-* Vou sentar do lado do banco de reservas. *-* Vou morrer de felicidade!
Tudo que é perfeito (não, a gente não pega pelo braço, embora eu não me importasse de pegar Mr. Danish Prince pelo braço e jogar lá no meio e...) nasceu em 1892. Melhor ano do século retrasado. Já do século passado eu ficaria com 1912, 1977, 1978, 1981, 1984 (por dois motivos e nenhum deles sou eu), 1990 e 1994. 1998 e 1999 também são simpáticos mas com um acontecimento cu proporcional à coisa boa acontecida. Quanto a este século fico com 2002, 2005, 2011 e talvez, quem sabe, 2012. 
Não é engraçado ganhar uma aposta feita em 1998? Muito bom.
Bem, já é hora, dona viola.
Mimimimimi until you miss an Euro - or your supporters boo you. :)