Informações não pedidas e tão pouco necessárias

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

HEY HEY HEY IT'S FOOTBALL HISTORY TIME!

Oi, gente.
Sinto muito que tenha passado tanto tempo sem escrever. Mas to aqui e dessa vez é para um assunto sério.
Sabe o Mundial de 2000? É, aquele que o Corinthians ganhou e que todo mundo vive enchendo o saco. Então, resolvi fazer esse post lindo para as antas de plantão que adoram zuar o meu time, mas não tem nenhum argumento decente. Vamos lá, crianças!
Sim, o Mundial de 2000 foi diferente, não tradicional. Foi a primeira tentativa da FIFA de fazer um torneio mundial entre clubes. O plano era começar em 2000 e seguir, mas o torneio de 2001 foi transferido para 2003 e depois cancelado por problemas de patrocínio e, então, só voltou a acontecer naquele formato em 2005.
Todo mundo adora dizer que o título do Corinthians não vale porque a gente foi convidado e não tinha ganhado a Libertadores e Mundial sem Libertadores não existe. WRONG! Intercontinental sem Libertadores não existe, mas um clube pode muito bem ser campeão do Mundial de Clubes da FIFA sem ganhar o título de seu continente porque uma das vagas do torneio é para o campeão nacional do país sede do torneio. Isso mesmo, crianças! Nós não estávamos lá "convidados". Nós éramos o campeão nacional. Não foi nenhum favor ou convite. Se você quer reclamar de alguém que não deveria estar lá, reclama do Vasco, que não era porra nenhuma. Na verdade eu acho super engraçado ver os palmeirenses encher o saco do Corinthians quando na verdade o Vasco roubou a vaga deles. Sim, amigos. A CBF, aparentemente, queria um time do Rio no torneio (sabe Deus o motivo) e então eles pediram ao Palmeiras para doar a vaga deles ao Vasco com a promessa de eles participarem do próximo Mundial, em 2001. Mas o Mundial de 2001 foi transferido e depois cancelado. E o Palmeiras processou a FIFA, mas retirou o processo quando a FIFA deu US$ 750 mil a eles como "indenização". Okay...
Então vocês querem falar sobre times convidados naquela edição do Mundial, falem sobre o Vasco e sobre o Real Madrid, não meu Corinthians. Eu entendo a necessidade de zuar e diminuir o adversário, mas vamos fazer direito. Quer dizer que se esse ano, por acaso, acontecesse de o campeão do Mundial ser o time do país sede vocês não iriam considerar válido só porque eles não ganharam o título continental? Meio estúpido, não? Afinal estão lá os critérios... campeões continentais e campeão nacional do país sede. Vocês falarem que o título do Corinthians de 2000 não é legítimo é a mesma coisa que falar que o título do São Paulo de 2005 não é legítimo, que o título do Barcelona de 2011 não é legítimo, que o título do Real Madrid de 2014 não é legítimo, afinal é exatamente a mesma competição.
E, claro, eu não sou dessas idiotas que querem apagar a importância dos Intercontinentais. Sim, era apenas um jogo entre Europa x América do Sul, mas todo mundo sempre considerou mundial e não tem porque mudar só porque a FIFA decidiu que queria fazer a brincadeira dela. Então, claro que eu considero os Intercontinentais como mundiais. Porque eu quero? Não. Porque eu sou sensata. Porque eu gosto de zuar meus rivais com motivo e não inventando coisas. E é exatamente por isso que eu quero discutir mais uma coisa nesse post: o mundial do Palmeiras.
Óbvio que eu adooooro zuar os palmeirenses dizendo que eles não tem mundial, mas eu fui ler sobre a Copa Rio e, vamos combinar, é tão legítima quanto os Intercontinentais. Então, se você considera os Intercontinentais como mundiais, infelizmente você tem que admitir que a Copa Rio também foi um. Sim, meus amigos, o Palmeiras tem um mundial. Assim como o Fluminense. Ou seja, aparentemente você também pode ser campeão intercontinental sem continental. Confuso, né?
Claro, a FIFA considera os Intercontinentais e a Copa Rio apenas como antecessores do Mundial de Clubes porque a entidade não organizou nenhum dos dois, mas é a FIFA... o meu ponto aqui é: sejam sensatos. Eu sei que dói ter que admitir que o Palmeiras foi campeão mundial, mas é assim que é. Agora, não faz o mínimo sentido você vir na minha cara e dizer: então, eu só considero campeão mundial os times que disputaram os torneios intercontinentais de 1960 a 2004 e o Mundial de Clubes a partir de 2005. Não, amigo, você não pode selecionar. Se você aceita o Mundial de Clubes da FIFA como mundial, então você tem que engolir o fato de que o Corinthians tem dois títulos dessa porra. E se você considera os Intercontinentais como mundias, você também tem que engolir o fato de que o Palmeiras foi campeão mundial.
Sinto muito, o mundo não é justo, eu sei. Mas é assim que é.