Informações não pedidas e tão pouco necessárias

Minha foto
Princesa herdeira, daemon, cabelo, escritora, amigona, dragona e dona do Blaublau; assistente técnica do melhor time e sem paciência pra você. Pra me atormentar basta existir, mas espera atrás da capa. Ah é... eu sou o Batman.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

domingo, 19 de agosto de 2012

O que você me diria se eu fosse morrer semana que vem?

Eu não sei quem lê esse blog, se é que alguém lê, mas você, alma caridosa que lê, diga-me: se você soubesse que eu vou morrer semana que vem, o que você me diria?
Valendo um presente! (Só assim pra vocês participarem, né...)

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Look! ME AND BLAUBLAU!!!! *-*

Então gente, hoje meu pai me enviou pelo correio duas fotos de quando eu era criancinha. É, fisicamente, ainda sou criancinha de resto. São as duas fotos que eu mais amo e as únicas que me acho linda!!! *-*
E... TEM O BLAUBLAU!!!!!! *-* GENTE! GENTE! VOCÊS TÃO VENDO??? É O BLAUBLAU!!! (o marrom, viu) *-* Tão lindo!!!


Eu fui obrigada a tirar foto com o ursinho branco, que não lembro, mas o Blaublau, como todos sabem is still here!!!! Meu melhor amigo e o que sempre esteve comigo, como vocês podem ver *-*


Olha como eu era linda! *-*

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Benjamin Linus*

AHA! Todo mundo achando que eu ia falar do Batman, né... mas não. Cada um tem sua opinião. E a minha todos sabem.
Estou aqui para falar do meu tópico preferido e os mais odiosos seres de todo o universo: as pessoas.
Mas aí eu me pergunto: por quê? Por que eu perderia meu tempo com isso?
As pessoas são falsas, sem opiniões próprias, que falam qualquer coisa para te agradar quando lhes é favorável e se esquecem de você assim que não lhes é mais útil. Já tive problemas com isso, mas ultimamente só consigo pensar na sorte que tive em me livrar de certos parasitas. Ugh! Me dá até arrepios de lembrar. E sabe o que é mais engraçado? Ver algumas dessas pessoas agora reproduzindo falas minhas como se fossem suas e que antes achavam equivocadas. Talvez me sentisse minimamente honrada se tais pessoas não fossem tão desprezíveis. Anyway, obrigada pela sua consideração.
Não vou negar que sinto falta de algumas pessoas... não, na verdade só de uma. Me abandonou por motivos mais nobres, embora tenha sido a que me fez sofrer mais.
Mas eu perdoo fácil, na verdade. Sempre perdoo. Basta uma ou duas palavrinhas simpáticas e, dependendo da situação, um pedido de desculpas e eu perdoo. Mas nunca esqueço.
The North Remembers? Ho ho ho ho ho ho... Não mais que eu, pode acreditar.
Mas tudo isso que to falando são só baboseiras e palavras blá blá blá. Estou sem dormir e ignorando muitas coisas por muito tempo e de vez em quando tenho que soltar as minhas borrachas.
Não ligo que me odeiem, me desprezem, me achem idiota e etc. Retribuo a vocês todos esses sentimentos em graus muito mais elevados e ao mesmo tempo concordo plenamente com os vossos em relação a mim. Já me importei um dia, mas hoje tudo o que consigo pensar é: tem razão. Qualquer coisa que vocês pensarem de ruim em relação a mim eu respondo: tem razão. Faço isso para desarmar quem me odeia? Não. Concordo mesmo. Eu sou a pior a pessoa que eu conheço e julgo severamente quem pensa o contrário. Mas acredite quando digo que julgo ainda mais quem um dia fingiu pensar o contrário - ou quem ainda finge até hoje - pelo amor de Deus, tenham colhões! 
Cansei de gente sorridente e falsa perto de mim e por isso me afastei de tudo e todos. Sou mais feliz? Não. Mas me livrar da corja de aduladores (e sabe-se lá por que motivo me adulavam) e falsos é um alívio. Tente você também, se puder. 
Meus únicos e verdadeiros amigos, coincidentemente, vivem em outras cidades e só um ou dois vivem por perto. O que é ótimo.
Mirane não tem amigos? Talvez não. Mas também não tem um bando de retardados em volta fingindo gostarem dela, nem uma rede social com 99454 "amigos" que só servem para dar "parabéns" no dia de aniversário que você escolheu colocar lá.
O meu aniversário desse ano foi um dos melhores, entre vários motivos, porque somente meus amigos me desejaram Feliz Aniversário e eu sabia que eles realmente me desejavam aquilo.
Estou me repetindo, né? Quando a mensagem é tão clara e simples:
Não os culpo por partir (oh não, não mesmo), culpo-os por terem fingido. Gente falsa é uma raça terrível e dominante.
Não os aconselharei a ter "cuidado" porque lá no fundo, de verdade, por mais que não me importe mais com vocês, eu lhes desejo toda a falsidade do mundo. Não de minha parte. Vocês não merecem nem isso mais de mim. Mas o mundo é grande e cheio de falsidades e cada um tem a cota que merece.
Que suas vidas sejam cheias de tudo aquilo que compartilharam comigo.

*Não entendeu o título? Poor you... :)

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Questão de perspectiva

Esse vermelho não é cor de sangue. O sangue se quis da cor do meu vermelho.