Informações não pedidas e tão pouco necessárias

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Só pensando

Relendo o The Lord, e revendo o filme também, penso que, de alguma forma, o poder da Torre Negra venceu.
Com a partida dos elfos para o Oeste e o início da Era dos Homens as coisas só podiam desandar e vejam só o que aconteceu. Mas ainda assim, como chegamos a esse ponto? 
Às vezes imagino que a Grande Guerra no final na Terceira Era, antes de "nosso" tempo, foi vencida pelos Orcs e depois, tendo todo o mundo para eles, se aprimoraram para se tornarem menos monstruosos por fora e incrivelmente mais monstruosos por dentro. Hoje, são confundidos com os Homens, mas não acredito que a descendência de Númenor decairia tanto. Os Elfos e os Hobbits se foram. Se ainda resta algum por aqui, se escondem. E o mundo nas mãos dos Orcs disfarçados. Por que outro motivo seríamos abandonados pelos Valar e mesmo por Eru. Na verdade, espertos são os Valar que permitiram a entrada de Hobbits e Anões - além dos Elfos - em Valinor, mas jamais Homens. Os Segundos Filhos de Ilúvatar tem, além do dom da mortalidade e do livre arbítrio, o dom da destruição e não duvido de que seriam capazes de maldades piores que a de Melkor no Reino Abençoado.
Melkor deve estar sorrindo fora dos círculos do mundo. Achou que seria difícil ver sua obra de destruição completada pois não contava com a ajuda dos Homens ou Orcs-Homens e ainda assim, ei-la.