Informações não pedidas e tão pouco necessárias

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Qual a cor do pensamento?

Estou eu na minha cama, em um quarto limpo e arrumado, mas impessoal.
E ela ainda está aqui.
Já me acostumei com a sua presença, está aqui há anos. Disse que eu precisava segui-la e eu disse "vamos ver". Ela não respondeu, mas foi ficando e esperando.
Às vezes diz: "você vai ter que vir um dia".

Nenhum comentário:

Postar um comentário