Informações não pedidas e tão pouco necessárias

Minha foto
Princesa herdeira, daemon, cabelo, escritora, amigona, dragona e dona do Blaublau; assistente técnica do melhor time e sem paciência pra você. Pra me atormentar basta existir, mas espera atrás da capa. Ah é... eu sou o Batman.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

We will go there... and back again.

Hoje eu tenho um objetivo bem claro para esse post. Eu vim falar sobre uma coisa que eu já falei. Na verdade eu vim falar sobre a mesma coisa dos últimos três posts: A Batalha dos Cinco Exércitos.
Eu nunca vou superar esse filme. Eu sabia que seria difícil... eu lembrava de como tinha sido O Retorno do Rei... se despedir do Tolkienzinho no cinema. Sim, eu sei que existe a possibilidade de ter filmes sobre O Silmarillion, mas não é a mesma coisa. Não é. Você não vai estar em contato com esses personagens, nesse cenário. Vamos ter Doriath e Nargotrond, mas não Mirkwood e Erebor. Gondolin e Thangorodrim, mas não o Condado e Rivendell. Vai ser lindo, eu sei, mas meu coração já está pra sempre despedaçado por ter tido que me despedir da Terra-média. Eu sabia que seria triste, mas eu não esperava que seria tanto assim. Esse filme fez coisas que eu não imaginava possível... o pior é que eu não sei explicar... a trilogia do The Lord é melhor, mas de algum jeito eu me vejo preferindo a do Hobbit... e esse último filme... é a coisa mais triste que já me aconteceu, é a trilha sonora mais linda que já existiu e definitivamente o filme mais significativo da minha existência. Por quê? Eu não tenho a mínima ideia. Vamos combinar, ele nem é tão bom assim e tem um monte de problemas, mas ainda assim ele é o melhor de todos os filmes pra sempre. Meu coração tá doendo... porque eu to ouvindo a trilha sonora e, depois de assistir 15 vezes, isso é praticamente a mesma coisa que assistir de novo. 
15 vezes. Eu assisti só 15 vezes. Eu podia ter ido mais vezes... e agora não posso mais.
O tumblr não ajuda muito com todos aqueles desenhos e histórias e fotos e gifs...
E, no fim, nada disso faz sentido. O ponto é: O Hobbit - A Batalha dos Cinco Exércitos é o melhor filme da história do cinema. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário